Vídeos virais e o novo-velho da internet

video-viralSe tem uma coisa que eu acho lindo na intenet é sua capacidade de ser um banco de dados gigantesco. Podemos encontrar de tudo em todos os lugares. Basta saber procurar, ter paciência com os espaços da publicidade, e não confiar em tudo.

Estava assistindo ao ótimo vídeo do canal Nostalgia sobre os Virais da Internet, e me deparei com uma coisa interessante: eu desconhecia muitos dos vídeos.

Quando percebi, eu estava rindo de antigos vídeos de indianos com “legendas em português”. São antigos mas eu nunca tinha visto.

No entanto, lembro de quando se tornou viral o vídeo “O Cara Tossiu”, exibido em flash antes mesmo de o youtube existir:

O que mais me fascina na internet é a renovação do velho e o envelhecimento do novo. Às vezes, vídeos antigos se tornam manias pelas redes sociais, e vídeos recentes são esquecidos, para serem lembrados mais tarde.

Um grande exemplo disso é o Trololo. Um vídeo da Rússia/URSS de 1976 que se tronou viral no Youtube. Era antigo, e foi renovado. Aí, após algum tempo, o vídeo se tronou motivo para um flashmob em Barcelona, e o cantor russo gravou um novo vídeo para ensinar o “trololo” em 2010. Foi em junho de 2012 que o cantor faleceu. Você pode ver toda a história no post da Rosana Hermann ou curtir o Trololo aqui:

Mas já que a internet é feita de coisas atuais, confira o novo viral. Mas cuidado! Você nunca mais vai conseguir falar a palavra “NADA” sem pensar na música:

Começa um novo Meme

Acho muito legal acompanhar o surgimento de novos memes. Como eu já postei antes, memes são a nova unidade de cultura.

É cultura porque representa uma geração e uma nova maneira de interação social.

O novo vídeo da família cantando alegremente (e sorridente!) uma música gospel já se viralizou – e o Não Salvo é o grande responsável por isso. Virou meme, piada interna, repetição.

A partir de agora, especialmente na sexta-feira, todos vão dizer que é Sexta-Feira “para a nossa alegria”.

Até a família do Jair Rodrigues imitou, em um gesto genial de marketing!

Propaganda genial da Luciana e dos Jairs:

 

Agora o Dimitri tem um concorrente às sextas feiras:

O vídeo dos memes

A cena é sempre a mesma do filme “A Queda – As últimas horas de Hitler”. O primeiro vídeo que vi foi sobre a briga de audiência entre Globo e Record, mas não sei se foi o primeiro. Na última semana,  tivemos toda a situação da Luiza (aquela, que está no… ah, em algum lugar). É claro que fizeram o vídeo do Hitler sobre a Luiza.

Os internautas pegam a cena, colocam uma legenda sobre ela e simulam uma conversa totalmente diferente da que o áudio mostra. Mas como é alemão, ninguém entende mesmo (risos).

Tem de tudo, e em diversas línguas.

É como se o vídeo de Hitler fosse o pai dos memes. Tudo que repercute na internet vira um vídeo de Hitler (que na verdade é o ator alemão Bruno Ganz).