…e o futuro é uma astronave que tentamos pilotar…

Sim, eu deveria escrever mais vezes aqui no blog. A correria se dá por diversos motivos:

1- Estou trabalhando cada vez mais. Na semana que vem as aulas começam, e aí o tempo vai ser ainda mais escasso.

2- Vou começar minha pós-graduação em breve. Conforme eu escrevi em algum lugar: sou um projeto de jornalista. Por enquanto.

3- Já estou trabalhando como jornalista. Assistente de redação. E estou gostando bastante. Acho que agora eu sei o que responder quando perguntarem: “O que você quer ser quando crescer”?

E conforme seguimos adiante, temos que deixar algumas coisinhas de lado. A academia é um exemplo. O blog é outro.

Mas vou me esforçar para escrever bastante… e confesso que o Cinem(ação) terá prioridade.

No próximo post, juro que vou tentar não escrever neste estilo “Cosmi Rímoli”.

Eu sumi

Faz um bom tempo que não escrevo no Curyoso. Mas isso vai acabar agora.

Durante um tempo, estive muito ocupado para postar no blog. Mas depois, foi de certa forma por falta de vontade de escrever.

O fato é que eu ainda não escrevi ainda sobre como foi o curso de Teoria, Linguagem e Crítica Cinematográfica. Recomendo o curso para todo mundo que gosta de cinema. Pablo Villaça consegue condensar uma quantidade enorme de informações e conhecimentos em apenas uma semana. No blog dele, ele fez um balanço do curso. Você pode ver aqui. Tem até uma foto com a turma.

Quanto ao resto, está tudo caminhando. Estou trabalhando um pouco menos, e por isso tenho mais tempo livre. É uma pena que eu não tenho tanta disciplina para fazer tanto quanto eu deveria nas horas vagas. Mas pelo menos estou conseguindo viver com um pouco de calma para pensar e colocar tudo em ordem.

No fim das contas, estou transferindo muitas decisões para o segundo semestre. Tem que dar tempo ao tempo.

No último fim de semana, fiz uma coisa que nunca havia feito antes: RAFTING.

É ótimo ter amigos que nos levam a fazer coisas impensadas. Viver a vida plenamente é enfrentar medos, fazer o que nunca se pensou em fazer. E praticar rafting é mais seguro do que eu imaginava. Passar uma noite com os amigos em um Camping também é algo que vale a pena.

Acho que o que mais atrapalha as pessoas hoje em dia é que sempre esperamos uma data especial ou um fim de semana prolongado. Sempre reclamamos que estamos cansados ou sem dinheiro. Acho que de vez em quando precisamos esquecer destes detalhes. Não espere o feriado prolongado e nem ficar milionário para fazer alguma coisa. Esprema novas experiências em meio a fin de semana apertados e orçamentos pouco folgados.

Moral da história: faça Rafting e faça o curso do Pablo Villaça.