Tudo é remix, tudo é meio cópia e meio original

Sei que não venho postando muito, mas preciso postar aqui as partes de um documentário para internet MUITO interessante!

Tem também a palestra dele no TED!

Anúncios

Nana Gouvêa e as maravilhas do mundo contemporâneo

Muitos dizem que o mundo está perdido. Uns acreditam que ele vai acabar em Dezembro, sabe-se lá qual data. Outros acham que começa a era de Aquário (o que quer que signifique isso). Outros acham que o amor está acabando e as pessoas vivem na era do egoísmo.

Mas o fato é que, quando surgem memes da Nana Gouvêa, nossos corações se enchem de alegria. Isso é prova de que o mundo tem salvação.

Afinal, onde houver um desastre, Nana estará lá.

Para entender tudo direitinho, clique aqui.

As pessoas também não podem deixar de visitar o nanagouveaemdesastres.tumblr.com

Mas eu quero colocar as melhores aqui no blog… Continuar lendo

Pessoas da mesma idade que eu

Oi.

Eu sou professor de inglês. Moro com meus pais. Nem tenho carro.

E para me sentir um pouco melhor (só que não), eu resolvi colocar uma pequena lista de pessoas que tem praticamente a mesma idade que eu, já que nasceram em 1986 também.

Lindsay Lohan: “atriz”, “modelo”, “cantora” e usuária de drogas (aí sim, sem aspas). Já foi presa, ficou um bagaço. Já fez filmes medíocres. Já foi pega dirigindo duas vezes alcoolizada. Tem história pra contar e, aparentemente, dinheiro no bolso.

Rafael Nadal: tenista, recentemente perdeu o título de número 1 do mundo (tadinho). Foi campeão dos prêmios “Open” diversas vezes na França, Austrália, U.S. Ganhou ouro olímpico em 2008 (Pequim).

Thiago Pereira: nadador. Maior medalhista do Brasil em Jogos Pan-Americanos. Recordista em trocentos metros Medley, Costas, Peito, Livre e quiça até preso.

Lady Gaga: cantora. Considerada uma das 25 pessoas mais influentes do mundo. Está entre as 5 (CINCO) pessoas mais bem pagas do mundo. Vendeu 8 milhões de cópias de CDs no mundo todo.

Usain Bolt: atleta jamaicano. Campeão Olímpico e Mundial. Considerado O MAIOR velocista de todos os tempos.

Shia LaBeouf: Ator americano. Idiota. Ganhou muito dinheiro fazendo filmes com robôs gigantes e explosões barulhentas.

 

Pronto.

Memes

Já faz algum tempo que eu admiro os memes.

Afinal, eles fazem parte desta nova cultura que se instaura por meio da massificação da internet e das mídias sociais.

Memes são, segundo alguns, “unidades básicas de cultura que viralizam na internet”. Mas eu prefiro dizer que memes são como aquelas piadas internas que temos nos nossos grupos de amizade, mas que se abrangem a um grupo muito maior de pessoas.

Vou dar um exemplo:

Uma vez, combinamos de ir a uma “baladinha” entre os amigos. O dono da ideia de sair no sábado à noite acabou se esquecendo de convidar um dos amigos, o Zé. Quando chegamos ao local, todos perguntaram onde estava o Zé. Por algum motivo, nosso amigo disse que ele tinha ido pra Curitiba. Depois, ao descobrirmos que ninguém tinha viajado pra Curitiba, o tema virou piada interna. A partir de então, toda vez que algum amigo não está presente, dizemos que ele “foi pra Curitiba”. Para qualquer pessoa de fora, a piada não faz sentido, mas nós sempre damos risada com isso.

Se isso tivesse acontecido por meio de um vídeo no Youtube, uma propaganda ou um post no Não Salvo, talvez teria virado um meme. Como aconteceu com a Luiza, que está no Canadá (ela não está mais lá, mas o meme continua). No caso da web, também podemos ter memes gráficos, como a imagem do homem dizendo “Ui”:

Existem muitos memes que rolam por aí. Uns são mais conhecidos e outros menos. Não vou explicar de onde eles vieram ou como surgiram, mas apenas mostrar situações para usá-los.

“Puta falta de sacanagem”: Quando estiver bravo com alguma coisa, apenas diga que a situação é uma puta falta de sacanagem. Pode ser em situações sérias , ou de forma irônica.

“Dorgas”: Pode ser uma exclamação ou uma substância a ser ingeridas. Mas escrever “droga” é coisa do passado.

“Aham, Cláudia, senta lá”: O quê? O Neymar superou o Pelé? Aham, Cláudia, senta lá… Ou se alguém insignificante quiser brigar com você, diga apenas: Aham, Cláudia, senta lá.

“Vão se foderem”: Esse daí eu não conhecia direito. Achei engraçadíssimo. Quer xingar alguém? VÃO SE FODEREM. Junto, tem as montagens de fotos feitas com o rosto do autor da frase.

“Significa”: o programa do Ronnie Von não tem tanta audiência para criar um meme. Mas a visibilidade do Top Five, do CQC, fez com que virasse. Sabe aquele seu vizinho meio baitola? Ou o seu tio que mora “com um amigo” aos 40 anos? SIGNIFICA!

“CORRÃO”: Aconteceu uma tragédia, um fato inusitado, ou vai acontecer algum saldão de eletrodomésticos? Mande todo mundo correr.

“Fica, vai ter bolo”: Sabe aquela pessoa chata que você quer que vá embora? Quando ela disser tchau, seja bem irônico: “Fica, vai ter bolo”.“É nóis que voa, bruxão”: depois de um áudio engraçadíssimo gravado com um viciado em games, a frase “É nóis que voa, bruxão”, pode ser usada para qualquer situação de auto valorização.

“Que deselegante”: depois de Sandra Annemberg dizer isso no Jornal Hoje, nada como repetir a frase em alguma situação… hmmm, digamos: deselegante.

“As mina pira”: Quer seduzir as meninas? É só se mostrar sensual e sedutor que “As mina pira”.

O vídeo dos memes

A cena é sempre a mesma do filme “A Queda – As últimas horas de Hitler”. O primeiro vídeo que vi foi sobre a briga de audiência entre Globo e Record, mas não sei se foi o primeiro. Na última semana,  tivemos toda a situação da Luiza (aquela, que está no… ah, em algum lugar). É claro que fizeram o vídeo do Hitler sobre a Luiza.

Os internautas pegam a cena, colocam uma legenda sobre ela e simulam uma conversa totalmente diferente da que o áudio mostra. Mas como é alemão, ninguém entende mesmo (risos).

Tem de tudo, e em diversas línguas.

É como se o vídeo de Hitler fosse o pai dos memes. Tudo que repercute na internet vira um vídeo de Hitler (que na verdade é o ator alemão Bruno Ganz).