Carta de Amor

E aí os atores da novela Máscaras resolveram escrever uma carta para demonstrar a insatisfação com o tratamento que a mídia tem feito da novela.

Tenho algumas considerações a fazer sobre a publicação desta carta.

-Concordo que a mídia esteja fazendo pouco caso da novela, e que a dinâmica da trama está muito melhor depois das mudanças. Mas isso acontece com todas as novelas da Record, salvo poucas exceções.

-A carta tenta justificar a baixa audiência da novela. Se a “mídia” divulga os baixos índices, não é para falar mal ou fazer pouco caso, e sim relatar um fato. Dá a impressão de que os atores estão “vestindo a carapuça” pelos resultados da audiência.

-Há de se concordar que os jornalistas se esqueceram da novela, e poderiam destacá-la um pouco mais, como fazem com  Carrossel, Cheias de Charme, etc. Mas não acredito que isso aumentaria a audiência.

-De qualquer forma, é interessante ver que a carta mobilizou diversos atores da novela e os uniu, além de demonstrar preocupação deles pela casa.

-Mas a carta poderia muito bem ser um pouco menos informal…

-ah.. e só mais uma coisa: impressão minha ou essa carta toda tem A CARA da Paloma?

 

A quem interessar possa, a carta segue abaixo:

Inconformados com o tratamento dado ao nosso trabalho, em vários tipos de mídia, nos manifestamos e queremos alertar para algo que não está sendo percebido.

No começo os críticos reclamavam que a novela era difícil, feia até. Acatamos, Lauro abriu mais a trama, lutamos, perdemos um diretor, ganhamos outro, uma NOVA novela está no ar. Isso, estranhamente, quase ninguém comenta.

1 – É do conhecimento de todos que uma novela que vai ao ar após às 23h30m não tem a mesma audiência de uma outra que vai ao ar às 21h. No entanto, a veiculação sobre o índice de audiência de Máscaras não vem com esta informação.
2 – Nós não aceitamos a avaliação de nosso trabalho apenas através do índice/Ibope, o que significaria colocar o trabalho dos atores no mesmo patamar de componentes de um reality show. O Ibope é um índice de mercado, comercial, compreendemos isso, mas nosso trabalho é artístico.
3 – Máscaras inova e transgride, mas isto não está sendo percebido pela maioria. O que não estão vendo em nossa novela é que ela quebra com os clichês das novelas convencionais: quando apresenta um galã dúbio, que tanto pode ser bom ou mau caráter, sem heroísmo romântico; vilões que se apaixonam, cujas ações são misturadas com humor e atitudes paradoxais, sem maniqueísmos; um casal que tem um filho imaginário, uma metáfora, algo inexistente em novelas; personagens com tesão explicita e realizada, fugindo aos padrões antigos de comportamento; um retrato político do capitalismo selvagem internacional, ao mostrar uma organização com interesses em propriedades de outra nação, como acontece com o petróleo do Oriente Médio, ou a loucura dos investidores da bolsa americana, em sua ambição desenfreada, levando o mundo a uma crise imensa. Não é justo que essa inovação, essa ousadia, não fique registrada, seja tratada tão prosaicamente, baseada tão somente no valor Ibope.
4 – Não estamos incomodados por qualquer crítica desfavorável, respeitamos o gosto de cada um. Afinal, o que seria da música “brega”, se todos gostassem de Mozart? O que seria de Van Gogh que só vendeu após a morte? O que nos dói é saber que esta que será a última novela de Lauro Cesar Muniz tem sido tratada de forma tão equivocada por alguns veículos da mídia, sem o cuidado de prestar atenção ao texto deste grande dramaturgo, cuja obra plenos de amor e garra representamos. Além disto, trata-se do nosso ofício e do nosso mercado de trabalho.
5 – Temos encontrado uma reação calorosa nas ruas e, sabemos, isto não acontece com um trabalho sem audiência.

A TV de hoje tem tantos canais, tanta programação, que não se pode cobrar das pessoas que acompanhem tudo e, talvez por isso, não tenham percebido o que estamos alertando agora. Mas, tendo feito já as mudanças que grande parte da mídia tanto criticou e talvez estivessem certos em alguns aspectos, seria honroso que no mínimo comentassem de forma mais respeitosa, e opinassem inclusive sobre a “nova novela” que vem sendo exibida: chama-se Máscaras e é boa pra caramba!

ASSINADO PELOS ATORES:

1. Barbara Bruno
2. Bemvindo Sequeira
3. Carlos Bonow
4. Domingos Antonio
5. Eliete Cigarini
6. Fernando Pavão
7. Flavia Monteiro
8. Giusepe Oristânio
9. Heitor Martinez
10. Iris Bruzzi
11. Jean Fercondini
12. Jonas Bloch
13. Jorge Pontual
14. Livia Rossy
15. Luiza Curvo
16. Marcelo Escorel
17. Marcio Kielling
18. Nicola Siri
19. Nina de Pádua
20. Paloma Duarte
21. Pâmella Vidal
22. Petrônio Gontijo
23. Raul Gazolla
24. Renato Livera
25. Roberto Bomtempo
26. Sabrina Costa
27. Tatsu Carvalho
28. Theo Fox

Anúncios

3 comentários em “Carta de Amor

  1. FABIOTV disse:

    Olá, tudo bem? De fato. Máscaras melhorou.. Até assisto alguma coisa quando A Fazenda chega ao fim.. Sabe o que precisa ainda? Modificar alguma abertura … É simplória demais… Abraços, Fabio http://www.fabiotv.zip.net

  2. Achei engraçado quando alguém comentou no twitter que o pessoal de “Amor & revolução” não fez uma carta como essa. Bom, cada caso é um caso e cada fracasso é um fracasso rsrs…
    Lucas – http://www.cascudeando.zip.net

  3. André San disse:

    Legal quando os atores se mobilizam em tempos de crise. A atitude foi bacana, embora culpar a imprensa não seja lá muito justo. Mas é legal ver a equipe unida em torno de um trabalho, todos juntos em prol da trama. Melhor que ficar reclamando por aí e pedindo pra sair… Abraço!
    André San – http://www.tele-visao.zip.net

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s