Lives in Game

Tá… eu sei que o título de uma novela não fica bom em inglês. E que o termo foi totalmente mal empregado. Whatever. (este foi bem empregado).

Após tanto tempo de enrolação, Cristianne Fridman está se soltando. Claro que ela não teve culpa de enrolar. Com tanto capítulo sendo obrigada a escrever, não tem autor que aguente.

De qualquer maneira, estou gostando do que vem acontecendo. O Lucas ficou revoltado, capturou o Cléber e agora vai tocar o terror, matar todo mundo. Junto com isso, todo mundo querendo saber quem matou quem. Jogo de intrigas com aquela pitada “Recó” de fazer novelas.

Ver o Cléber sendo preso, torturado e amordaçado, é sempre bom. Aquela catarse de bater no vilão faz bem ao telespectador. Me lembrei da surra que a Maria Clara deu na Laura (Celebridade, lembra?).

É mais ou menos isso.

Reta final de novela poucas vezes me empolga. Dessa vez, conseguiu. Não porque o final promete ser uma grande surpresa, mas porque promove catarse.

Anúncios

2 comentários em “Lives in Game

  1. André San disse:

    Concordo, Daniel! A reta final de Vidas em Jogo está muito interessante mesmo! Estou acompanhando com prazer. Abraço!
    André San – http://www.tele-visao.zip.net

  2. Reta final?
    Será?
    Espero que seja, não quero ver mais outra novela da Record com mais de um ano de exibição, aff

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s